segunda-feira, novembro 11, 2013

O defensor do povão

Araújo
Cosme Araújo fala para comunidade do pontal a importância da audiência pública
A Câmara de Vereadores de Ilhéus abriu na noite desta sexta-feira, 08, uma serie de audiências públicas para debater junto com a comunidade as questões sobre a Lei Orçamentária do município para o ano de 2014. O encontro aconteceu na Escola Padre Luiz Palmeira, no bairro do Pontal.
A audiência pública foi realizada por determinação do artigo 44 da lei federal 10.257, de 10 de julho de 2001, que estabelece as diretrizes gerais da política urbana. O artigo determina a realização de debates, audiências e consultas públicas sobre as propostas do plano plurianual, da lei de diretrizes orçamentárias e do orçamento anual, como condição obrigatória para sua aprovação pela Câmara Municipal.  
O vereador Ivo Evangelista leu o ofício que foi criado para que o encontro pudesse ocorrer. A audiência foi necessária para discutir a lei em conjunto com a população, parlamentares e representantes da prefeitura de Ilhéus, na busca de ouvir as necessidades da comunidade para que o Executivo tome as providências e atenda as reivindicações do eleitor/contribuinte.
O vereador Cosme Araújo (PDT) participou da reunião e considerou a iniciativa louvável em levar as discussões para a comunidade, que tem um papel fundamental na busca pelo desenvolvimento e uma melhor qualidade de vida. No discurso, Araújo criticou ”o fraco desempenho do governo municipal nesses primeiros 11 meses de administração, a exemplo, no bairro do Pontal, que está totalmente abandonado com ruas escuras, vários buracos, lixo, matagal e os constantes assaltos, tem levado os pontalenses desacreditarem no prefeito Jabes Ribeiro, que jogou a tolha e sem perspectiva de mudanças”, explicou. A reportagem de O Defensor entrevistou os moradores Edgar e Jorge Luiz, que falaram da necessidade da audiência pública, que poderá, talvez quem sabe, minorar a situação caótica. Para ouvir basta acompanhar no lado direito do site. Redação: Fábio Roberto – DRT/BA 6355

Nenhum comentário:

Postar um comentário