sábado, junho 18, 2016

Pinheiro e reitor da UNEB debatem criação de novos campi no Subúrbio e em Lauro

Pinheiro e reitor da UNEB debatem criação de novos campi no Subúrbio e em Lauro
Foto: Gabriel Carvalho / SEC
O secretário de Educação do Estado, Walter Pinheiro, debateu nesta sexta-feira (17) com o reitor da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) a criação de dois campi avançados da instituição no Subúrbio Ferroviário de Salvador e em Lauro de Freitas. De acordo com Pinheiro, a reunião teve como objetivo ser um primeiro passo na ampliação da parceria entre a pasta e a universidade. Durante o encontro, também foi discutido em qual dos campi que serão criados serão alocados os cursos na área de Jogos Virtuais, Robótica, Ciência e Tecnologia. “A Uneb será parceira, junto com a Secretaria da Educação e a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação [Secti], na implementação de diversas medidas para que a gente comece a fazer Ciência todo dia em sala de aula. Outras práticas, [a exemplo da] consolidação de laboratórios e o uso de ferramentas de Tecnologias da Informação em sala de aula, também foram discutidas”, informou o secretário. A parceria também se estenderá à implantação da nova modalidade de educação profissional com intermediação tecnológica, que inicialmente começará em escala piloto. O projeto do campus avançado da Uneb vai disponibilizar cursos de graduação e especialização, na modalidade de Educação a Distância (EAD), já a partir de março de 2017. “É o primeiro contato com o secretário para apresentar todas as potencialidades da universidade numa articulação mais consistente com a secretaria”, afirmou o reitor José Bites. Também foram alvo de debate projetos como o Centro Universitário de Educação no Campo, difusão de práticas pedagógicas inovadoras desenvolvidos em escolas da rede estadual, e o Programa de Incentivo de Extensão nas Escolas. “[Em relação a] vários projetos da área da Educação Básica, o secretário se mostrou interessado e se colocou à disposição para formar comissões técnicas e de encaminhamento para implementar o mais rápido possível”, destacou Bites. Informações do BN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário