quarta-feira, junho 15, 2016

Cunha deu socos em mesa e jurou vingança ao saber resultado no Conselho de Ética, diz coluna

Cunha deu socos em mesa e jurou vingança ao saber resultado no Conselho de Ética, diz coluna
Foto: Lula Marques/Agência PT
O presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ficou irritado com a aprovação do parecer favorável à cassação do seu mandato no Conselho de Ética da Casa. Segundo a Coluna do Estadão, ele reagiu ao resultado dando murros na mesa e fazendo ameaças de vingança. O colegiado da Câmara aprovou a cassação nesta terça-feira (14) por 11 votos a 9. A grande expectativa era pela definição do voto da deputada baiana Tia Eron (PRB-BA), que se posicionou contra Cunha. Wladmir Costa (SD-PA), um dos parlamentares mais firmes na defesa do peemedebista, mudou o voto e apoiou a perda de mandato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário