quarta-feira, agosto 26, 2015

Janot diz que não vazou informações da Lava Jato: ‘vazamento não erra nome’

Janot diz que não vazou informações da Lava Jato: ‘vazamento não erra nome’
Foto: Agência Senado

Chamado de ‘vazador catedrático’ pelo senador Fernando Collor de Mello (PTB), o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, negou que tenha repassado para a imprensa os nomes envolvidos nas primeiros citados nas delações da Operação Lava Jato. O ex-presidente alegou ter uma carta em que os jornalistas da PGR acusavam Janot de beneficiar determinados veículos de comunicação com informações privilegiadas. “Na época que houve a delação premiada dos dois primeiros ouvidos, teve uma agitação muito grande da imprensa com o vazamento da chamada ‘lista de Janot’. O que houve não foi vazamento, mas sim uma especulação enorme. Algumas acertaram, outros erraram, e vazamento não erra nome”, alfinetou o procurador-geral. “Eu sou discreto, não tenho atuação midiática”, acrescentou. A última fala rendeu um riso irônico do ex-presidente, que na réplica questionou sobre uma foto em que o sabatinado apareceria com um cartaz “esperança do Brasil”. “O que o senhor quis fazer com aquilo? Foi uma tentativa de ser o novo super-homem do Brasil?”, brincou. Na tréplica, Janot preferiu apenas completar: “O que se chama de espetacularização da Lava Jato nada mais é que a aplicação da lei. Como se diz na minha terra, pau que dá em Chico, dá em Francisco".

Nenhum comentário:

Postar um comentário