sábado, novembro 14, 2015

Mais uma malandragem desarticulada para a Eleição do Conselho Tutelar em Ilhéus

IME MONTAGEM
A equipe de jornalismo de O Defensor teve informações com exclusividade, na manhã desta sexta-feira, 13, de denúncias de irregularidades na eleição para o Conselho Tutelar de Ilhéus, neste domingo, 15, no IME. 
Rumores dão conta que no mesmo dia da eleição foi articulado um mega evento no ginásio de esportes Herval Soledade, situado bem próximo do local de votação, como forma de facilitar, segundo informações, a chegada dos eleitores que votarão em grande número. Conforme relatos, a festa será patrocinada pelo vereador Ivo Evangelista (PRB), aliado do prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro.
Segundo edital de votação do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente) é terminantemente vedado todo e qualquer evento festivo no entorno do local de votação, podendo acarretar no cancelamento do pleito. Apesar da normativa, o vereador ora insistia em atropelar o regulamento, para favorecer determinadas candidaturas que carregam o seu apoio.
O Defensor, na pessoa do vereador e advogado criminalista Cosme Araújo, levou o fato ao conhecimento de um dos Conselheiros do CMDCA Elio Bittat,  que por sua vez acionou o Ministério Público Estadual, com escritório sediado em Ilhéus, o qual, segundo o Conselheiro orientou ao Secretário que havia liberado o espaço público que determinasse a suspensão do evento. Ainda segundo o Conselheiro que foi atuante e responsável, o evento já foi cancelado.
Esta foi mais  uma de centenas de manobras escandalosas do governo municipal, que vem fazendo misérias no município impunemente, muitas com a conivência da base governamental quase que na totalidade dos Vereadores.
Os candidatos que estão concorrendo a eleição neste domingo deve ficar atento e denunciar as falcatruas que ocorreram no dia 04, onde as armações beneficiaram com exclusividade os candidatos eleitos ligados a “organização” palaciana.
É preciso que os candidatos denunciem as manobras nefastas que estão sendo preparadas para elegerem os “deles” donos da cidade e dos cargos públicos. O Ministério Público deveria acampanhar de perto, mais uma eventual gincana com figuras carimbadas para ganharem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário