quinta-feira, outubro 01, 2015

DILMA ACOMODA PT, PMDB E PDT E CONCLUI REFORMA


Por Tereza Cruvinel

A presidente Dilma Rousseff concluiu agora à noite a reforma ministerial que anunciará amanhã cedo em solenidade com os novos ministros. O atual secretário-geral da Presidência, Miguel Rossetto, da corrente Democracia Socialista do PT, vai comandar a pasta de Trabalho e Previdência, que foram fundidas. Tereza Campelo, entretanto, continuará comandando Desenvolvimento Social. Outra novidade é a ida da deputada Benedita da Silva para Cidadania (fusão das secretarias de Mulher, Direitos Humanos e igualdade Racial) destronando Moema Gramacho, que já estava praticamente escolhida. Patrus Ananias fica em Desenvolvimento Agrário e com isso Dilma evita uma briga com o MST.

O PMDB ganhou a sétima pasta, que será a de Ciência e Tecnologia, a ser ocupada pelo deputado Celso Pansera, indicado pelo líder Leonardo Picciani, mas também ligado ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Eliseu Padilha fica na Aviação, Helder Barbalho vai da Pesca, que será fundida a Agricultura, para Portos. O partido manterá ainda Katia Abreu na Agricultura, Eduardo Braga em Minas e Energia e Henrique Alves em Turismo. A maior conquista, entretanto, foi Saúde, a ser ocupada pelo deputado Marcelo de Castro, outra indicação de Picciani.

Dilma reconquistou o PDT, que ocupará Comunicações com o deputado André Figueiredo. PP, PSD e PR mantiveram as pastas que já ocupavam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário