quarta-feira, agosto 26, 2015

Zé Neto tenta fechar acordo para fim da greve do Judiciário na próxima quarta

Zé Neto tenta fechar acordo para fim da greve do Judiciário na próxima quarta
Foto: Fernando Duarte/Bahia Notícias

O líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Zé Neto, tenta fechar um acordo com o Sintaj (Sindicato dos Servidores de Serviços Auxiliares do Poder Judiciário) e o Sinpojud (Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário) para condicionar o fim da greve do Judiciário ao projeto de lei que trata do reajuste da categoria. “Falo mais até como deputado e como advogado que sou, as três Justiças praticamente paradas. Fiz um apelo a Maria José [presidente do Sinpojud] para que encaminhasse uma proposição da diretoria do Sinpojud para uma saída condicional da greve se aprovasse a lei”, afirma o petista, que acrescentou que a dirigente disse que vai apreciar a proposta. Após apelos dos trabalhadores, que estiveram na AL-BA nesta terça-feira (25), surgiu a oportunidade de votar o projeto do reajuste, caso se fechasse um acordo com a oposição. A bancada oposicionista, no entanto, fez pedido de vista ao texto que sobrestava a pauta, referente a alienação do Clube dos Aposentados para capitalização do Funprev, o que adiou a votação para a próxima terça (1º). “Inclusive agora pela manhã já estive com Marcelo Nilo para pensar como resolver o impasse que havia para a votação do projeto e ontem pela manhã conversei com o governador e Marcelo conversou com o tribunal”, explicou.  Ainda na tarde desta quarta (26), Zé Neto irá conversar com a diretoria do Sintaj para tentar fechar acordar o fim da greve após a apreciação da matéria na Casa. Fonte; BN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário