sábado, novembro 09, 2013

Galeria da Alemanha expõe arte de Jane Hilda

Jane Hilda e sua criação

Crédito: Divulgação
Ilhéus se faz presente nos circuitos da arte européia, mais uma vez, com a participação de obras da artista plástica ilheense Jane Hilda Badaró na exposição coletiva "Quando as Idéias se Encontram", na SchauArt  Galeria, em Wesel, na Alemanha, de 23 de novembro a 3 de dezembro próximos, sob curadoria de Heloiza de Aquino Azevedo, Comissária em Exposições e Salões de Arte Internacionais. Também estarão na mostra outros artistas brasileiros, como Denise Berbert, Erica Colen, João de Oliveira, Beth Sant’Anna, Luiz Carlos A. Lima, Marilda Dib, Renato Araújo e Rose SchauArt, além de Alemão Art.
“Jane Hilda, pintora naif, retrata em seu trabalho a fantasia, sentimentos singelos e sonhos em cores alegres e traços marcantes. Na maioria das vezes, os trabalhos de Jane representam o seu entorno, suas raízes culturais, histórias, memórias e suas vivências tanto no real como no imaginário”, diz Heloíza de Aquino Azevedo, que representa a artista ilheense na Europa.  Para ela, “somente comentar ou somente ler sobre os trabalhos de Jane Hilda Badaró não basta, é necessárGaleria daio observar de perto, é preciso enxergar com olhos de criança e sentir com o coração que de quem já vive há 90 anos”.
Heloíza de Aquino levou, nos últimos dois anos, a arte de Jane Hilda por três exposições em Paris, duas delas no Carrousel Du Louvre, uma na Galeria Art & Events, e também na Itália durante o Festival Dois Mundos em Spoletto.  Relata que foi numa loja de Paris colocar moldura na obra “Portal da Paz” quando um pintor parisiense, com os olhos vidrados na tela, em silêncio a observou com ares reflexivos, e lhe perguntou se era um Chagall. “A obra de Jane Hilda, uma artista baiana brasileira, remeteu aquele pintor francês à lembrança do russo  Chagall, um dos principais pintores modernistas cuja obra retrata a fantasia, personagens simples, os sonhos, e seus quadros na maioria das vezes expressionistas, mostram a união, harmonia e cenas de suas raízes”, comenta.
Jane Hilda (51), que também é advogada e professora universitária, iniciou na pintura em meados de 2011. Fez sua primeira exposição individual em setembro daquele ano, na Galeria do Teatro Municipal de Ilhéus. De lá prá cá expôs de diversos espaços culturais da cidade, e participou de várias exposições coletivas em outros estados brasileiros e fora do Brasil.
Matéria do Jornalbahiaonline.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário