quarta-feira, outubro 30, 2013

Wagner e o PT, tensão maxima!

Caciques de partidos da base aliada formaram uma frente de pressão para que o governador Jaques Wagner (PT) desista de vez da candidatura do secretário da Casa Civil, Rui Costa, ao Palácio de Ondina. Em reuniões secretas e articuladas com apoio de líderes petistas, foi deflagrada a operação, cujo objetivo é emplacar o senador Walter Pinheiro. No início da semana, escalaram um porta-voz com poder de fogo na ala governista para levar o recado: se Wagner mantiver a aposta no predileto, o racha será inevitável, sobretudo depois que a oposição começou a ganhar corpo com as trocas partidárias. A queixa dos insatisfeitos, que consideram arriscado jogar as fichas em um nome com menor densidade eleitoral que Pinheiro, chegou aos ouvidos do governador e levou tensão à cúpula do PT.

Nenhum comentário:

Postar um comentário